Como criar produtos digitais? Conheça quais são os formatos?

Tempo de leitura: 6 minutos

Como criar produtos digitais? Para quem ainda não está familiarizado com o termo, produtos digitais nada mais são do que materiais com informações que são criados e distribuídos em formato digital. Em outras palavras, um produto digital provê informações para educar, resolver um problema ou facilitar, de alguma forma, a sua vida com relação àquele tema abordado.

Este aprendizado pode estar relacionado aos mais variados temas possíveis, como por exemplo: como tocar determinado instrumento musical, como usar um software, como preparar boas iscas de pescaria, como se preparar para estudar no exterior, como adestrar seu cão, como editar vídeos, como se planejar melhor financeiramente, e outros tantos temas quanto você possa imaginar.

Uma das principais vantagens de se criar produtos digitais e vendê-los na internet, é que os lucros tornam-se escaláveis, uma vez que as oportunidades de vendas são exponencialmente maiores que cursos presenciais.

De acordo com o nicho que você decidir trabalhar, resta decidir qual formato agrada mais a você e é claro, à audiência a qual pretende ofertar seu produto. Se você ficou curioso sobre esse mercado, continue lendo e conheça 8 tipos de produtos digitais que mais fazem sucesso no mundo digital!

1. E-BOOKS

E-books ou Livros Digitais são produtos bastante populares, pois são os mais simples de serem criados, distribuídos e consumidos pelos seus clientes. Com um processador de textos como o Word ou o Writer do LibreOffice, que é gratuito, você pode facilmente escrever seu ebook e salvá-lo em formato PDF ou ePub, que são os formatos mais comuns para comercializar este tipo de conteúdo.

Vantagens de optar pelo ebook como seu produto digital:

Entrega instantânea ao cliente: sem dor de cabeça para enviar seu produto ao consumidor. É possível automatizar a entrega do arquivo e o próprio cliente faz o download do ebook.
O cliente poderá ter acesso ao material em qualquer dispositivo compatível com o arquivo, o que facilita o estudo do mesmo.

Uma vez que o ebook foi salvo no celular ou computador, não há necessidade de internet para acessá-lo.

Ebooks são formatos ideais para conteúdo mais simples, de fácil assimilação e que não exigem demonstração visual.

Você pode gostar de ler: Como ganhar dinheiro na internet com venda de eBooks

2. VÍDEO-AULAS

Vídeos sempre fazem sucesso, especialmente se há pessoas envolvidas. Uma maneira bem simples de criar um produto em forma de vídeo-aulas é preparar um ambiente adequado para ensinar o tema proposto.

Hoje em dia, alguns celulares possuem ótima captação de imagem e se você possui um bom aparelho, poderá começar suas vídeo-aulas dessa maneira. Além disso, para que seus vídeos fiquem com uma qualidade aceitável, é preciso que você pesquise um pouco sobre iluminação e garanta que o áudio seja transmitido de forma clara, sem ruídos. Invista em um microfone de lapela ou direcional para que o áudio seja limpo.

Se você não se dá bem em frente às câmeras, pode convidar um especialista para falar do assunto. Você também pode fazer seus vídeos em formato de entrevista e transformar a gravação em parte de seu produto digital.

Vídeo-aulas são ideais para materiais que precisam de demonstração, como por exemplo, aulas de culinária. A aprendizagem fica muito mais fácil quando o aluno tem exemplos visuais do que se deve fazer em cada passo.

Dica de leitura: Como ganhar dinheiro com vídeos de treinamento

3. SCREENCASTS

São a forma mais rápida e fácil de se criar um vídeo, para quem não conhece, os screencasts são vídeos filmados a partir da tela do computador. São perfeitos para cursos sobre como usar um software ou um site.

4. AUDIOBOOKS

Audiobooks são livros narrados e compactados (normalmente) em formato MP3. Uma vez que você já tem o conteúdo, os audiobooks são bastante fáceis de produzir, bastando ter um microfone de boa qualidade e um local isolado de ruídos externos.

A vantagem do audiobook é que as pessoas podem colocar no seu iPod, smartphone ou qualquer outro player de áudio e ouvir sua mensagem enquanto faz outras coisas, dependendo do tipo de audiência, esta é uma mídia muito eficaz.

5. PODCASTS

Os podcasts são gravações em áudio que costumam simular programas de rádio. Normalmente seu conteúdo é baseado em entrevistas ou discussões entre um pequeno grupo de pessoas. Podem ser gravados em conferências via internet, usando-se o Skype por exemplo, e, assim como os audiobooks, possuem a vantagem de poderem ser consumidos através de players como iPod e smartphones, enquanto o ouvinte realiza outras atividades.

6. PROGRAMAS PARA MEMBROS

Os Sites de Membros, Programa para Membros ou simplesmente Membership, são sites de conteúdo privado, restrito apenas a membros autorizados, que normalmente pagam por uma adesão para obter este acesso. Essa adesão dá direito de acessar o conteúdo do site por alguns meses. Esse tipo de produto digital é ideal para Clubes Privados e programas de Coaching Online. Você pode utilizar esse canal para formatos em texto, áudio ou vídeo. Em casos de cursos, é possível liberar os módulos com a frequência que desejar, para criar uma área de membros para seu curso/produto.

7. E-MAGAZINES

As e-Magazines, ou simplesmente e-Zines são revistas eletrônicas. Podem ser produzidas em formato PDF ou também em formato de conteúdo privado. A característica principal é que as e-Magazines possuem uma periodicidade definida, assim como as revistas impressas, o que garante ao cliente que ele poderá adquirir ou acessar uma nova edição da revista a cada semana, quinzena, mês, etc. Este formato está se tornando cada vez mais popular, especialmente agora, com a chegada dos tablets.

8. KITS

Os Kits são conjuntos de produtos de diversos tipos. Podem misturar e-books, com vídeo-aulas e screencasts, como todos os arquivos são em formato digital, tudo pode ser entregue via internet e, dessa forma, o consumidor pode usufruir do conteúdo em diversos tipos de mídia.
Existem conteúdos que são mais adequados em formato de vídeo, outros ficam melhores em áudio, ou em documento de texto. Entender qual o melhor formato para cada tipo de conteúdo é uma excelente forma de melhorar a qualidade e viabilidade do seu produto, montando, assim um kit.

Criar produtos digitais pode ser bastante trabalhoso, pois envolve pesquisa, planejamento e, é claro, a confecção do produto digital em si. Porém, apesar de trabalhoso, normalmente esta não é uma tarefa complexa.

Você pode “empacotar” seu conteúdo digital em diversos formatos diferentes e, assim, criar vários tipos de produtos digitais.

Você tem algum conhecimento que pode compartilhar com outras pessoas? As pessoas costumam vir até você para pedir conselhos sobre algum assunto? Se você tem algo para ensinar, que possa resolver problemas ou facilitar a vida de outras pessoas, por que não transformar este conhecimento em um produto digital?

Agora você conhece alguns dos produtos digitais que mais fazem sucesso! Bons negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *